HomeOpiniãoSORORIDADE

SORORIDADE

Eu sou a Kátia Olivieri, mãe, esposa, psicóloga, coach, escritora… dentre tantas ocupações, como a maioria de vocês.  A escuta das dores e sonhos no consultório me levaram a ter um trabalho voltado para o desenvolvimento pessoal e profissional de mulheres. O universo feminino, com suas dificuldades e potencialidades sempre me encantou e sempre foi foco dos meus estudos e curiosidade. Eu sempre acreditei, mesmo quando nem sabia bem o que essa palavra significava, na SORORIDADE. Às vezes acho que a gente fica muito na teoria e que é preciso viver as ideias em que acreditamos na prática.

O que eu aprendi na minha trajetória pessoal e profissional, e queria dividir com vocês hoje, é que nós precisamos entender de verdade, que não vamos conseguir crescer isoladas, cada uma no seu cantinho, encarando outras mulheres como concorrentes. Na verdade, hoje tenho uma visão diferente do que é CONCORRÊNCIA. Se pensarmos que cada uma é um universo, com características únicas, pontos fortes e fraquezas e que isso é totalmente individual, vamos perceber que temos todas as ferramentas para criarmos negócios e/ou formas de nos relacionarmos profissionalmente que nos representem verdadeiramente e que esse será o nosso diferencial. Sob esse ponto de vista, não há concorrência, porque cada uma atuará de forma diferente e de acordo com a sua história.

Quando resolvi que precisava sair do consultório e levar a minha palavra e as minhas ideias para fora da cidade em que moro hoje, procurei me ligar à mulheres que tivessem esse mesmo desejo: o DESENVOLVIMENTO FEMININO. Desde então, conheci mulheres incríveis, cresci, fiz negócios e amizades. Então comprovei o que sempre acreditei: juntas somos mais fortes!

Como mensagem de final de ano quero pedir que, em primeiro lugar, acreditem em vocês e corram atrás da realização dos seus sonhos.  E mais, se associem a grupos de trabalho com objetivos em comum, façam parcerias, comprem de outras mulheres, divulguem iniciativas legais, compartilhem eventos, as vejam como parceiras e não concorrentes, sejam solidárias com suas dores, entendam que ninguém cresce sozinho em um mundo tão conectado e vivam, na prática, a SORORIDADE. Porque nós mulheres ainda temos muito que conquistar.

Vamos fazer um ano diferente? Comece com o primeiro passo: o que posso fazer hoje para viver na prática a sororidade? Vamos lá, mulheres! Vamos viver nossos ideais. Boa pedida para final de ano, não?

Kátia Olivieri é psicóloga, escritora, palestrante e Coach de Mulheres. Pós graduada em Marketing e especializada em Psicologia Hospitalar e da Saúde. Atua no Rio de Janeiro, Juiz de Fora, Bicas e on line (para todo o Brasil). É fundadora e diretora da Femmina Desenvolvimento Humano – instagran:@femminadh, uma empresa que trabalha o autoconhecimento, fortalecimento  e desenvolvimento da mulher. Oferece Terapia Individual, Processos de Coaching individuais e em grupo e realiza encontros presenciais (Palestras, Jornadas e workshops). Contato: (32) 98441-1109

Comente este Post!
Scroll Up