HomeRevistaSabin Sinai desponta como opção no mercado de planos de saúde

Sabin Sinai desponta como opção no mercado de planos de saúde

Albert Sabin e Monte Sinai unem-se para oferecer novos planos em Juiz de Fora

A marca Sabin Sinai já nasce robusta. O plano de saúde ganha mais força com a união de duas referências em gestão assistencial, trazendo em seu DNA toda a expertise de qualidade certificada dos hospitais Monte Sinai e Albert Sabin.

A proposta é surpreender por meio de um atendimento diferenciado para segmentos empresariais, coletivos por adesão e planos individuais. Os planos contam com a assistência de pessoal e corpo clínico altamente capacitado dentro de seus próprios hospitais, com níveis de certificação nacional e internacional.

Plano de saúde Sabin Sinai só cresce em Juiz de Fora

A expectativa do mercado vem sendo correspondida, ao fornecer planos que não se limitam às estruturas hospitalares próprias.

A rede credenciada do Sabin Sinai já tem o que há de melhor em clínicas e consultórios cadastrados em toda Juiz de Fora, com cerca de 650 médicos disponíveis para atendimentos.

O diretor-presidente do Hospital Albert Sabin e diretor de mercado do Sabin Sinai, Dr. Célio Chagas, disse que a ideia de lançar o empreendimento já estava sendo planejada há cerca de dois anos.

“Juiz de Fora sempre teve essa demanda latente, que muitos pediam por uma solução na cidade. Foi quando resolvermos unir as duas instituições, ambas com muita experiência de mercado e qualidade no atendimento, para suprir essa lacuna na saúde da cidade”, afirma.

Monte Sinai e Albert Sabin criaram o plano de saúde ao compartilhar a gestão da operadora Vita Assistência à Saúde Ltda, que construiu a antiga operação do plano Saúde Sinai.

Em 2017, a operadora obteve o maior índice de crescimento em Juiz de Fora e região. Com ganho de mercado pela conquista de novos clientes superior a 70% em relação à própria carteira, liderou o ingresso de novos usuários em comparação às operadoras locais.

Gestão quer foco no atendimento humanizado

Ao aprimorar a performance de uma operadora sólida, que está no mercado há mais de 20 anos, aos novos gestores cabe o desafio de enriquecer a experiência do usuário na atenção humanizada e individualizada.

Os novos clientes que o plano vem conquistando mostram que a operação está no caminho certo.

O diretor-presidente do Sabin Sinai, Dr. José Mariano de Moraes, explica que “os dois hospitais viram que a sinergia, as potencialidades das duas instituições poderiam retribuir à comunidade um serviço diferenciado”.

Dr. José Mariano também a firma que pacientes só tem a ganhar. “Com o lançamento, estamos colocando mais uma opção no mercado de planos de saúde. Isso cria uma concorrência sadia, deixando com o cliente o poder de escolha”.

Operadora segue tendência do mercado com a verticalização sustentável

A verticalização na saúde suplementar é um movimento em que as operadoras ofertam estruturas próprias, como hospitais, laboratórios e outros serviços da área.

O inverso também ocorre, quando hospitais desenvolvem seus próprios planos de saúde. Essa sistemática vem crescendo muito nos últimos anos como uma alternativa eficiente para os altos custos da área.

A estratégia alavanca a atuação do Sabin Sinai no mercado, partindo dos quase seis mil clientes atendidos e com a captação de novos contratos dia após dia. Sua estrutura operacional está pronta para a chegada de clientes com nível de exigência cada vez maior.

Tanto que, para casos emergenciais, o atendimento está garantido em todo o país, por meio da Rede Abramge.

E as novidades não param. O Sabin Sinai já oferece ao setor corporativo a opção de um plano exclusivamente hospitalar.

Em pouco tempo, a operadora conquistou como principal cliente o grupo Bahamas, com expectativa de adesão de mais de 17 mil vidas em todo o estado. A onda de crescimento está apenas começando.

Lançamento em grande estilo

A noite do último dia 21 marcou oficialmente a estreia da marca Sabin Sinai em Juiz de Fora.

Para falar sobre o novo papel do paciente como o protagonista deste cenário, os gestores trouxeram à Juiz de Fora a diretora executiva da Anahp, Dra. Martha Oliveira, que também já dirigiu a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

O evento intimista, realizado no Olympo Centro Cultural de Eventos, reuniu sócios dos dois hospitais, consultores de mercado ligados à operadora, credenciados ao plano, clientes e outros convidados.

Comente este Post!
Scroll Up