HomeRevistaSonho realizado, sem volta!

Sonho realizado, sem volta!

Gilmara Rocha aplica técnica para quem faz cirurgia bariátrica não engordar novamente

Perder peso não é uma tarefa fácil! Mas, é o sonho da maioria absoluta daqueles que sofrem com uns quilinhos a mais. Agora, imagina as dores físicas, as inconstâncias mentais e as pressões sociais que as pessoas com sobrepeso passam diariamente. Uma dor que só quem vive, sabe e pode descrever.

Para muitos, a solução mais indicada tem sido a cirurgia bariátrica. Alguns chegam ao objetivo. Porém, a maioria, infelizmente não, e acaba frustrada e carregando problemas ainda piores.

“Tem que ficar claro que a cirurgia é apenas uma parte do processo. O acompanhamento antes e depois do procedimento é essencial para que as pessoas alcancem, de fato, um novo estilo de vida e não voltem a ganhar peso”. A afirmação é de quem entende do assunto a fundo. Gilmara Rocha, hoje, é Mentora Especialista em pré e pós-bariátrica, Master Coach e palestrante em empoderamento pessoal. Um título pomposo e que a coloca, efetivamente, numa condição de destaque. Contudo, nem sempre foi assim… Sem conseguir lidar com as situações do dia a dia e sem uma orientação adequada para se reequilibrar, Gilmara descontou na comida todas as ansiedades, preocupações e angústias que sentia. Resultado: chegou aos 123 quilos.

Se por um lado, esse resultado a impactou fortemente, foi a mesma força que ela usou como alavanca para dar um novo rumo à sua vida. Por ter vivido e passado todos os processos de dor, decisão e superação, Gilmara se tornou a profissional ideal para aqueles que, como ela, buscam suporte emocional para lidar com todas as fases da cirurgia bariátrica. Isso porque a profissional deixa claro um ponto fundamental em toda essa trajetória: “muitas etapas de quem faz a bariátrica são altamente negligenciadas e, por isso, cada vez mais são registrados casos de pacientes que não obtêm êxito”, revela.

Pensando nesta parcela da população, que cresce vultosamente, ela concedeu uma entrevista à equipe da Pauta Econômica, com um foco: ajudar os pacientes a alcançarem uma mudança plena, certa e definitiva em suas vidas.

Pauta Econômica: Como era a Gilmara de alguns anos atrás?

Gilmara Rocha: Eu sempre fui tranquila, mas sempre engolia muitos sapos. Fiquei oito anos concursada em uma empresa, para agradar meu avô que trabalhou lá por quase 50 anos. Depois que saí, fiquei 12 anos nas empresas de meu marido a fim de também agradá-lo. Só que, nos últimos cinco anos, eu abri mão de tudo. Enquanto atuava com os funcionários e com clientes, eu amava, só que meu marido decidiu começar uma nova faculdade e na mesma semana eu descobri que estava grávida. Diante disso tudo eu resolvi ser a mulher maravilha. Eu falei que ele podia fazer faculdade e que daria conta. Logo passei a cuidar de duas pizzarias, uma lan house e da nossa filha. Nesse período, eu cheguei a pesar 123 quilos. Eram tantas preocupações, ansiedades, medos. Estávamos no meio de uma crise, com prejuízos nas empresas e brigas constantes. Cheguei ao ponto de pensar em me jogar do terceiro andar da minha casa. Quando o despertar veio de onde eu menos esperava. No dia 7 de setembro de 2016, estava falando ao celular, resolvendo mais problemas das empresas, quando minha filha, com seus três anos, pegou o aparelho e jogou longe me pedindo atenção. Aquilo doeu fundo no meu peito. Naquele dia, eu escrevi uma carta falando tudo o que eu queria e não queria mais na minha vida. A partir daí, passei a me dedicar exclusivamente a mim e então tudo realmente mudou.

 

PE – Quando você decidiu fazer a bariátrica?

 

GR – Decidi fazer a cirurgia durante o tempo que me afastei dos negócios. Eu passei por um processo de coaching e esse foi o divisor de águas da minha vida. Essa metodologia foi capaz de ampliar minha mente, minhas habilidades e competências. Ela potencializou minhas performances, permitindo-me  alcançar os meus objetivos de forma extraordinária. Aliando isso ao acompanhamento de um psicólogo e com a maestria e a responsabilidade do cirurgião, Dr. Ivan Rezende, minha bariátrica foi realizada. Mas, essa só foi uma fase da minha transformação.

 

PE – Quais foram as outras fases?

GR – Em um dia do meu repouso pós-bariátrica, eu acordei de madrugada com alguns insights. Estava decidida em participar do concurso de Miss Bariátrica de São Paulo e a trazê-lo para Juiz de Fora; colocaria Leandro Hassum ou André Marques para realizarem uma palestra sobre o tema e passaria a estudar e me preparar para ajudar outras pessoas que como eu, necessitam do apoio emocional certo, no momento certo. No ano passado, consegui participar do concurso. Em momento nenhum, fui para ganhar, mas sim com a intenção de mostrar que aquilo que a gente define para nossa vida, os objetivos são muito importantes. Os estudos e o preparo para colaborar com outras pessoas foi outra meta que alcancei. Hoje, sou um coach, uma profissional que aplica as técnicas de Master Coaching e Coaching Ericksoniano (hipnose). Já a palestra com Leandro Hassum e o Miss Bariátrica em Juiz de Fora são projetos que realizarei ainda esse ano.

 

PE – E como foi o seu preparo?

GR – Eu investi em treinamento! Participei de coaching de negócios, fiz todos os cursos do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) para alcançar o nível mais alto, que é o Master Coach, e tive a oportunidade de ser orientada diretamente por José Roberto Marques, maior Coach do Brasil. Com essa bagagem, cheguei a palestrar para mais de 1.500 pessoas, fazendo o que eu amo, aqui em Juiz de Fora, em outras cidades da região e em São Paulo. Entretanto, buscando ainda mais foco, no final de 2018, contratei a mentoria de Leandro Marcondes, dono da “Experiências de Sucesso” – maior empresa de treinamento da América Latina, que por sua vez, é franquia da “Success Resources”, maior do mundo no ramo. Só tenho colhido bons frutos. Com as análises feitas sobre mim, Marcondes conseguiu me mostrar e direcionar um público-alvo, com o qual, sem eu perceber, já havia me conectado: os pacientes pré e pós bariátrica. E é para essas pessoas que agora está voltado o meu foco, toda minha dedicação!

PE – Quais as etapas e a duração do processo que você aplica a esse público?

GR – É um treinamento da mente. Eu promovo o crescimento mental. O processo é rápido, ocorre durante três meses e é dividido em 10 sessões. A primeira coisa que eu faço é enviar para a pessoa um questionário para saber se ela está preparada para passar pelo processo de coaching e para alcançarmos, juntos, seu desenvolvimento mental. Com isso, ela entende que a responsabilidade da mudança é dela. Muitas vezes, a pessoa passa a vida colocando a culpa pelos problemas nos outros.

Após o questionário, marcamos as primeiras sessões onde o paciente será levado a refletir sobre aspectos de sua vida. Com o resultado dessa etapa, partimos para o levantamento de algumas questões em relação aos objetivos e consequências de cada escolha. Guiada pelas minhas orientações, a pessoa encontra as respostas no próprio interior, consegue se estabilizar emocionalmente e assim eu consigo encaminhá-la para os próximos procedimentos necessários até a execução da cirurgia, quando for o caso. Já no pós-bariátrico, constantemente são registrados casos de pessoas com sobrepeso, desestabilizadas emocionalmente que, mesmo após a bariátrica, retornaram aos seus antigos pesos. É justamente isso que o processo de coach que ofereço consegue impedir. Você só consegue mudar o seu corpo se mudar a sua mente!

 

PE – Quais os projetos para 2019?

GR – Para este ano, tenho projetos muito grandes! Vamos realizar um seminário voltado exclusivamente para o público pré e pós-bariátrica, com a presença de Leandro Hassum. Com eles, também estarão médicos especialistas, consultoras de imagem, médico cirurgião, psicólogos e eu, tratando da parte emocional. Para alcançar ainda mais pessoas, a partir de fevereiro, vamos realizar diversas lives em minhas redes sociais com dicas, orientações e bate-papos com pessoas que já fizeram a bariátrica, médicos especialistas, consultores, psicólogos e coaches, justamente para ajudar quem precisa realizar a cirurgia e para quem já realizou. Sem falar em um projeto ainda em fase de idealização que é o Miss Bariátrica Juiz de Fora. Recebi o convite da “Discovery – Escola de Artes e Modelos” para realizarmos o evento. As negociações com São Paulo já começaram e estamos totalmente empolgados!

 

PE – Quais os outros trabalhos você continua atuando?

GR – Eu continuo atuando com o “Poderosas”, uma empresa de treinamento para empoderamento de mulheres e empreendedores. Nós realizamos um conjunto de treinamento conhecido como Empodere. Ele é dividido em ciclos: empodere suas vendas; empodere sua fala, empodere sua missão e empodere suas finanças. Temos oferecidos esse treinamento para diversas empresas e os resultados tem sido altamente positivos.

 

PE: Como as pessoas podem te encontrar?

GR – Através do meu Instagram – Gilmara Rocha Oficial. Lá, eu promovo as lives e ofereço dicas essenciais para quem busca orientação para bariátrica. As pessoas também podem entrar em contato pelo whatsapp, através do número (32) 98859-0605. Hoje, eu ofereço atendimentos presenciais em Juiz de Fora, São Paulo e também atendimentos on-line para todo o país, através de videoconferências por Skype. Será um prazer pode ajudar a todos que, como eu, passaram ou ainda passam por dilemas em relação ao peso e a cirurgia.

Comente este Post!
Scroll Up